É a qualidade, meus caros! | Panorama Farmacêutico

Os brasileiros andam desesperançados. Os problemas do país se avolumam: a corrupção, a incompetência, a crise da política, da economia a um ritmo lento, o desemprego, a incerteza eleitoral. Não faltam obstáculos. E, no entanto, pode piorar. Até a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, talvez a melhor agência reguladora do país, que tem construído uma reputação de excelência e seriedade, contribuindo para o desenvolvimento do setor farmacêutico no Brasil, está se deixa contaminar pela baixa política.

Um órgão que, de certa forma, vai contra Brasília. Podia, na maioria dos casos, manter o interesse público acima de tudo — enfrentou e venceu batalhas memoráveis, com o objetivo de garantir a qualidade dos produtos farmacêuticos. Agora, o Organismo parece estar cedendo. E justamente em questões que são fundamentais em qualquer atividade, mas que assumem contornos críticos, quando se fala de medicamentos: qualidade e segurança. Continue lendo “É a qualidade, meus caros! | Panorama Farmacêutico”